terça-feira, 5 de julho de 2011

Eu preciso confessar,

que hoje eu vejo a falsidade caladinha, vai que ela me descubra, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário